Grupo de pecuaristas de sete estados conhecerão resultados do Geneplus em fazendas de Goiás

Produtores, técnicos e pesquisadores de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo, Paraná, Tocantins e Bahia percorrerão cinco cidades de Goiás na próxima semana para conferir os resultados obtidos por pecuaristas goianos, atendidos pelo programa de melhoramento genético Geneplus Embrapa, desenvolvido para auxiliar criadores de gado, na utilização de recursos genéticos para a produção rentável e de qualidade. O Circuito Geneplus Embrapa acontecerá entre 12 e 15 de abril e inclui no roteiro os municípios de Quirinópolis, Jussara, Itapirapuã, Britânia e Nova Crixás.

Durante os quatro dias de circuito, os mais de 60 participantes confirmados no evento devem percorrer cerca de 800 quilômetros entre os municípios do interior de Goiás selecionados para a etapa. Em cada propriedade um criador apresentará por meio de palestra os resultados obtidos após a implantação do programa de melhoramento genético. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Goiás possui o 3º maior rebanho bovino do Brasil com mais de 21 milhões de cabeças.

A primeira fazenda visitada será a Laçada, em Quirinópolis, na terça-feira, dia 12. Em seguida, no dia 13, o grupo segue para o município de Jussara, onde serão conferidos os resultados do Geneplus na Fazenda Santa Helena (Ipameri). Já na quarta-feira, dia 14, o circuito passará pelas fazendas Sucuri e Santa Helena, em Itapirapuã e Britânia, respectivamente. O evento finaliza no dia 15, na Fazenda Barreiro Grande, em Nova Crixás. Todas as propriedades têm no plantel a raça Nelore, que representa mais de 80% do rebanho bovino do País.

O Circuito, cujo objetivo é a troca de experiências entre produtores no que se refere a manejo, nutrição  além dos aspectos genéricos, chega à quarta edição em 2016. No ano passado foi a vez de criadores de Mato Grosso do Sul apresentarem os resultados obtidos em parceria com o programa em sete propriedades rurais visitadas. Nesta etapa do evento, a caravana sul-mato-grossense também viajará até o Estado vizinho para conferir de perto as técnicas de manejo adotadas pelos pecuaristas goianos em parceria com a entidade.

 

Agrolink com informações de assessoria