Exportações de trigo na Ucrânia entram em ascensão

O aumento da produção de trigo na Ucrânia se traduziu em um aumento de 52% nas exportações durante os primeiros quatro meses da campanha de 2019/2020, de acordo com um relatório da Rede Global de Informações Agrícolas do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). De julho a outubro de 2019, as exportações cresceram para todas as principais regiões, exceto para a União Europeia, que registrou uma queda de 43% em relação ao mesmo período do ano anterior, informou o USDA.

Os dois maiores destinos para o trigo ucraniano durante esse período foram a África e o Oriente Médio. Quase quatro vezes a quantidade de trigo foi exportada da Ucrânia para o Egito em relação ao mesmo período do ano anterior, informou o USDA. As exportações para a Turquia aumentaram cinco vezes, enquanto o Iêmen absorveu mais do dobro do trigo da Ucrânia do que durante o mesmo período de quatro meses em 2018/2019.

O USDA observou que as exportações de farinha da Ucrânia de julho a outubro de 2019 cresceram 72%, em comparação com o mesmo período do ano anterior. “O principal fator de crescimento foram as exportações para os Emirados Árabes Unidos que atingiram 34.100 toneladas (equivalente a trigo), em comparação com 3.100 toneladas no mesmo período do ano anterior”, afirmou o USDA. “Esse crescimento também é suportado por remessas de lotes menores para três novos mercados: Somália, Indonésia e Moçambique”, completa.

Prevê-se que a Ucrânia seja a sétima na produção de trigo (29 milhões de toneladas) e a quinta nas exportações (20,5 milhões de toneladas) em 2019/2020, de acordo com o USDA