Cavalo Quarto de Milha registra valorização de 23,3% no mercado nacional

A crise passa bem longe do mercado do cavalo mais versátil do mundo. De acordo com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), os animais da raça registraram valorização expressiva no mês de outubro deste ano. O crescimento foi de 23,3%, em relação ao mesmo período de 2014.

Cinco leilões realizados entre os dias 12 e 18 do referido mês, durante o 36º Potro do Futuro, a 9ª Copa dos Campões e o 1º Derby, em Avaré (SP), proporcionaram a receita geral de R$ 12,5 milhões. Além dos lotes, foram licitadas 72 coberturas pelo valor de R$ 681,4 mil. Média superior a R$ 9,4 mil.

De todo o montante, R$ 11,9 milhões foram apurados com a comercialização de 153 lotes proporcionando valores médios de R$ 74 mil. Segundo a ABQM, no ano passado os animais foram vendidos ao preço médio de R$ 63 mil, durante as competições que fecham o calendário de eventos da entidade em Avaré.

Lotes mais caros

Duas éguas importadas, ofertadas pelo plantel paranaense Tink A Mite Ranch, tiveram 50% de suas respectivas propriedades arrematadas por R$ 255 mil cada e foram licitadas em sistema de parelha (lote duplo): Ferntastic (Peptoboonsmal x Some Kinda Memories, por Smart Little Lena), adquirida pela Fazenda Borboleta, de Quirinópolis (GO); e Special Nu Rey (Dual Rey x Nu I Wood, por Jack T Wood), arrematada pelo Rancho Sky, de Presidente Prudente (SP).

 

Agrolink com informações de assessoria