Café: manejo biológico durante a florada auxilia na produtividade da lavoura

A época de florada do cafeeiro, que coincide com a primavera, requer cuidados especiais para garantir a qualidade e a produtividade da lavoura. Nessa fase, fatores como as mudanças climáticas podem interferir nos resultados da colheita, como afirma o consultor de café Ricardo Ribeiro de Oliveira, que atua na região de Alfenas (MG).

“Estamos na segunda florada, e nesse período as temperaturas estão altas, mas as chuvas escassas. Então, é importante manter a sanidade do cultivo, controlar o balanço nutricional e o aporte de aminoácidos, além de proporcionar condições para que a planta segure mais flores e tenha mais frutos futuramente”, avalia Oliveira.

Esse é o caso do agricultor Marcelo Vieira, que planta 200 hectares de café em Patos de Minas (MG) e há seis anos optou por utilizar soluções biológicas no manejo da lavoura. “Trabalhamos com produtos desenvolvidos pela Alltech Crop Science para conseguir maior uniformização de florada e auxílio à sanidade das plantas. Fazemos quatro aplicações ao longo do ano”.

As principais vantagens observadas pelo produtor a partir dos fertilizantes foliares de origem natural são a uniformização e o pegamento de florada. “Depois, esses aspectos positivos refletem em café maduro, qualidade da bebida e, claro, também em dinheiro no nosso bolso. Já são vários anos com esse resultado”, afirma Vieira.

De acordo com o consultor, é realizado um tratamento pré-florada, além da suplementação com Cálcio, Magnésio e Boro, elementos fundamentais para a cultura. “Se você fornece energia e proteção, consequentemente, aumenta a produtividade. E, para tudo isso funcionar, é preciso aplicar aminoácidos de qualidade”.

 

Agrolink com informações de assessoria