Apesar do consumo fraco, mercado do boi gordo segue tendência de alta

Apesar do consumo fraco, mercado do boi gordo segue tendência de altaMercado firme na última quarta-feira (16.09). As poucas modificações nas referências de preços, cenário que vem sendo observado nos últimos dias, demonstra como o mercado está cada vez mais ajustado.

O consumo de carne tem diminuído, fato sazonal para o período do mês, o que pressiona os frigoríficos a reduzirem o preço da carne. As vendas no varejo em julho foram as piores em quinze anos, segundo o IBGE.

Ao mesmo tempo, à medida que o segundo semestre avança, a tendência é que haja menos gado terminado e isso colabora com a valorização da arroba.

Esses comportamentos mantêm o mercado “brigado”. Compradores resistem em pagar mais pela arroba, a fim de manter suas margens, mas não conseguem reduzir os custos com matéria-prima em função da pouca disponibilidade.

Em São Paulo, os negócios em R$145,00/@ já começam a surgir, mesmo que com algum prazo, de um semana, por exemplo. O comportamento não é exclusivo das praças paulistas.