Notícias do Campo – O milho

O milho

sergio 0

MilhoO milho é considerado, muitas vezes, o cereal de maior importância em qualquer fazenda ou sítio, pois é um dos melhores alimentos para todos os animais, além de ser um bom produto para comercialização nos mercados interno e externo. Pode ser utilizado como alimentação animal, puro ou como parte de rações. Também para a alimentação humana ele é de grande valia, podendo ser utilizado “verde”, como milho verde, vendido para a preparação de pamonhas, curau, etc. Depois de moído transforma-se em fubá, com o qual podemos fazer o angu ou polenta, broas, bolos, etc.

Plantação

Pode ser plantado desde agosto até janeiro e podemos obter 2 colheitas por ano, da seguinte maneira: quando colhermos o feijão das águas, em novembro ou dezembro, plantamos milho no seu lugar, para ser colhido em abril ou maio. Colhido o milho, podemos plantar o feijão da seca e retornar ao milho após a sua colheita, fazendo, assim, uma rotação de culturas. Quanto ao milho para usos diversos, aconselhamos as variedades híbridas, cujo rendimento é muito superior ao dos milhos convencionais. Naturalmente, há milhos especiais para certos usos como, por exemplo, o milho para pipoca.

A plantação deve ser em solos bem drenados para evitar poças d?água, férteis ou bem adubados com 20 ton./há de esterco ou composto bem curtidos. Podemos usar, também, adubos minerais, o que em geral é dispensável. Devemos plantar em linhas ou sulcos distanciados 1m e colocando 1 semente de 20 em 20cm, cobrindo-as depois com 5cm de terra ou em covas distanciadas 1m.Os tratos culturais se resumem em capinas, quando necessário.

Para obtermos 10.000kg de milho (167 sacas), suficientes para o gasto de um sítio de 10ha, são necessários 36.300m². Quando o solo for muito ácido, devemos fazer a calagem.

As melhores épocas para o plantio são: no Sul, de setembro a novembro e, no Norte, da 2a quinzena de agosto até fins de outubro. Prefere climas quentes mas produz, também, em climas de temperaturas mais amenas.

O preparo do solo é feito com aração com 20cm de profundidade e depois gradeação, para quebrar os torrões e nivelar o solo para os trabalhos. Deve ser plantado em curvas de nível, quando o terreno for em declive. O plantio pode ser manual, com enxadas ou plantadeiras, e em covas distanciadas 1m entre as linhas e 50cm entre as covas com 3 sementes cada uma, ou com plantadeiras, com sementes de 20 em 20cm. Quando usado o adubo mineral, as sementes não devem ficar junto a ele, ao serem plantadas, para evitar que se queimem. Em grandes áreas, a plantação deve ser totalmente mecanizada.

Devemos manter a plantação sempre limpa, livre do mato, por meio de capina, a primeira das quais é feita logo que o mato comece a nascer. Devemos fazer quantas capinas forem necessárias. Elas podem ser feitas com enxadas ou com cultivadores com enxadinhas, que devem ser reguladas para afundar menos de 5cm.

Colheita

A colheita pode ser mecanizada ou manual, dependendo do tamanho da plantação. Quanto mais cedo for colhido o milho, melhor, mas somente quando estiver com os grãos secos, o que podemos verificar apertando um grão com a unha: se ele não ficar marcado é porque já está no ponto de colheita.

Fonte: Rural News

Deixe uma resposta »